Lua em Capricórnio | Vô Sério, por Luis Fernando Veríssimo

Ranzinza

Sobre o posicionamento: Capricórnio é um signo cardinal, regido por Saturno e compõe a tríade de terra. Quando a Lua está posicionada neste signo, dizemos que está debilitada. Os nativos com esse posicionamento podem encontrar dificuldades para expressar suas emoções, porque julgam que isso é uma fraqueza. O humor é pouco receptivo, introvertido e sorumbático. A segurança emocional vem do trabalho ou do que o nativo se propôs a alcançar como meta de vida. Aqui, vale mais a solidez e praticidade que os arroubos emocionais.

Por conta das características mencionadas acima, decidi compartilhar com vocês este conto de Luis Fernando Veríssimo, que ilustra bem o humor da Lua em Capricórnio. Espero que gostem e que, apesar da Lua, deem uma risadinha. :P

Vô Sério, por Luis Fernando Veríssimo

O vovô era um homem sério. Não carrancudo, mas sério. Tanto que os netos fizeram uma aposta: ganharia quem fizesse o vovô rir. O local da competição seria a mesa do almoço, aos domingos, quando toda a família se reunia, com a vovó numa cabeceira e o vovô na outra. Foram estabelecidas certas regras. Para ganhar, seria preciso provocar uma gargalhada no vovô. Um sorriso não bastaria. O objetivo era uma risada. Ou – para não haver duvida do que se buscava – uma BOA risada.

Algumas dúvidas tiveram que ser esclarecidas, antes de começar a disputa.

- Cócegas, vale?

Ninguém imaginava que o vovô sentisse cócegas, mas, de qualquer maneira, cócegas foram vetadas. E anedota? Se o vovô risse de uma anedota, a vitória seria do contador ou da anedota? Decidiram permitir anedotas. Quem soubesse contar uma anedota tão bem que fizesse o vovô dar uma risada, uma BOA risada, mesmo que não fosse seu autor, mereceria ganhar.

No primeiro domingo depois da aposta, o Marquinhos – segundo o consenso geral na família o mais palhaço dos netos – sentou-se à mesa fantasiado de mico, fazendo ruídos e gestos de mico e pedindo banana. Todos riram muito – menos o vovô. O vovô disse: “Muito engraçado, Marquinhos, agora tire essa roupa e coma direito”. Mais tarde o Marquinhos argumentaria que o vovô dizer “Muito engraçado” equivalia a uma risada, mas seu protesto foi ignorado.

No domingo seguinte, o Eduardinho contou uma anedota.

- Sabem aquela do cara que tirou uma radiografia e o médico disse que ele precisava ser operado? O cara perguntou quanto custaria a operação e o médico deu o preço. O cara achou muito e perguntou quanto custaria um tratamento sem precisar operar. O médico deu o preço, que o cara também achou muito. Aí o médico disse: se o senhor preferir, pela metade do preço, eu retoco a radiografia.

Todos riram muito – menos o vovô. O vovô disse que aquela história envolvia questões muito sérias, como a saúde de um ser humano e a ética médica, e não era assunto para ser tratado na mesa, na frente das outras crianças. O Eduardinho protestou:

- Era uma anedota, vovô.

- Muito sem graça – disse o vovô.

Nas semanas seguintes, todos os netos tentaram, de um jeito ou de outro, fazer o vovô rir. Apelaram para mímica, imitações (o Tico fazia um Silvio Santos impagável), números musicais, concurso de quem chupava o espaguete mais ligeiro, tudo. E o vovô sério. Finalmente desistiram. E no último domingo aconteceu o seguinte: a vovó sentou-se na sua cadeira na cabeceira, depois de trazer a travessa de frangos da cozinha e colocá-la sobre a mesa – e caiu da cadeira. E o vovô explodiu numa gargalhada. Uma BOA risada que não parava mais, enquanto a vovó era atendida e dizia que estava bem, que não tinha se machucado, que não se incomodassem com ela.

Depois houve controvérsia. Uns netos achavam que a vovó cair da cadeira tinha sido mesmo um acidente, outros achavam que a vovó tinha caído de proposito. Depois de tantos anos sabia o que faria o vovô rir e dera uma mãozinha para os netos.

(Imagem: Reprodução | Os Fantasmas de Scrooge)

18 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Comentários via blog

  1. Karina

    Nossa, meu namorado aí. XD
    Ele tem Sol taurino, Lua capricorniana e ascendente virgem (segundo o astro.com, pelo astrofox é Leão, e na minha tabela, Libra). Eu lembro de uma vez estávamos em um fliperama do lado da escola, e eu fui reclamar que ele não ria de nada, de gargalhar e tal. Aí passou um tempo e a gente foi sentar um pouco, aí uma garota quase foi atropelada por uma combi, e ele começou a rir e rir que eu nem acreditei, só que nem vi a risada toda porque estava tentando pegar o celular pra filmar isso. =(

    Responder
  2. Francini Cervantes

    ai que maldade kkk
    eu rio de tudo o tempo todo e tenho lua em capricórnio O.o

    Responder
  3. Gleyse

    Eu tenho lua em capricórnio e não achei graça nesse conto.

    Responder
  4. Brenda

    Sou capricorniana E CHATA! x)

    Responder
  5. Iracema

    Engraçado não pareço em nada com meu signo. Sou bem humorada e carinhosa. Nasci em 9 janeiro. Será q culpa é do ascendente? É sagitário.

    Responder

Deixe um comentário

Theme developed by Difluir